Blog

Como calcular o fio necessário para uma peça em macramé?

Como calcular o fio necessário para uma peça em macramé?

Esta é talvez a dúvida mais frequente quando iniciamos uma peça em macramé e também a decisão mais crítica, porque ficar sem fio a meio de um trabalho é o que menos desejamos.

A verdade é que não existe uma ciência exata, isto porque para além do comprimento desejado para a peça, fatores como a densidade do fio, o tipo de nós utilizados, o nosso próprio estilo de laçada (com mais ou menos tensão) têm um impacto direto na quantidade de fio necessário.

O nó quadrado (square knot), por exemplo, consome menos fio que o nó festone / rolinho (doble half hitch knot). A espessura do fio também tem influência na quantidade de material necessário. Fios de maior diâmetro consomem mais do que fios de menor espessura. Mas existem técnicas que nos permitem estimar a corda necessária e evitar o desaire de ficar sem fio para terminar.

A técnica mais utilizada consiste em determinar o comprimento final que se pretende para a peça, multiplicar por 4 a 6 vezes e posteriormente dobrar esse valor, caso utilize as cordas dobradas ao meio como é bastante usual por exemplo em painéis.

Exemplo prático para um painel de parede com 50cm de altura

  1. Se pretendo criar um painel de parede que no final terá 50 cm de altura, em que uma parte será trabalhada com nós, mas terá também algumas áreas livres (sem nós) e uma franja, poderá ser suficiente multiplicar os fios por 4 e posteriormente dobrar essa medida: (50cm x 4) x 2 = 400cm. Ou seja, no final terá fios de 4 metros que uma vez colocados no varão dobrados ao meio com o nó de laçada inicial (Lark´s Head Knot), resultam em fios de 2 metros para trabalhar.

  2. Se a peça for muito trabalhada e densa, com bastantes nós, será mesmo necessário multiplicar por 6 vezes o comprimento do fio e posteriormente dobrar essa medida: (50cm x 6) x 2 = 600 cm. Ou seja, no final terá fios de 6 metros que uma vez colocados no varão dobrados ao meio com o nó de laçada inicial (Lark´s Head Knot), resultam em fios de 3 metros para trabalhar.

Uma outra técnica mais precisa, mas também mais morosa, consiste em criar amostras de nós com o material que se pretende utilizar e medir o comprimento de fio gasto em cada tipo de nó que será usado na peça. Esta técnica é, no entanto, aplicável somente quando trabalhamos com peças com um design bem definido previamente e quando já temos alguma experiência e técnica desenvolvida.

Em caso de dúvida pense sempre que é preferível sobrar fio e posteriormente reutilizá-lo noutros trabalhos, do que não conseguir terminar a peça que idealizou.

Bom trabalho.

___

Procura materiais para as suas criações? Visite aqui a loja online.

>>> 10% de desconto na primeira encomenda com o código: welcome10 

>>> Portes gratuitos a partir de 50€ 


×